Páginas

PPG Refinish lança líquidos polidor e lustrador


De uso profissional, os produtos fazem parte do sistema de polimento da linha ACS.
Sumaré (SP) - A PPG Refinish, empresa líder de mercado em produtos de repintura automotiva, lança no mercado nacional uma nova linha de polidores automotivos da marca ACS, com destaque para os líquidos Polidor Auto Brilho (Código do Produto C562-1152), e Lustrador (C562-1162), ideais para acabamento final do processo de pintura nova ou repinturas automotivas.

O Liquido Polidor Auto Brilho C562-1152 foi desenvolvido com a mais alta tecnologia, acompanhando a evolução das tintas e vernizes da última geração. Não contém silicone nem cera, elimina embaçamento de polimento com massa, não interfere na evaporação dos solventes, não deixa resíduos brancos em borrachas ou partes plásticas.

Já o Liquido Lustrador C562-1162 foi desenvolvido com a mais alta tecnologia para eliminação de marcas de boinas, pequenos riscos superficiais causados pelo desgastes de uso, bem como pinturas com brilho prejudicado ou levemente queimado pelo desgaste provocado pelo uso natural.

"Um dos maiores benefícios deste produto é a capacidade de remover marcas de polimento deixado pelas boinas de lã, fazendo prevalecer o brilho na superfície", afirma Victor Cabral, Diretor Técnico e de Marketing da PPG Refinish. Além disso, o executivo destaca outros benefícios, como ser livre de cera e silicone, ser formulado à base d’água, não empastar as boinas, não engordurar (os resíduos são limpos facilmente com água) e não manchar as partes plásticas, tais como para-choques, retrovisores e molduras.

"Estes dois produtos fazem parte da linha ACS e juntamente da Massa de Polir ACS formam o conjunto completo de produtos indispensáveis para qualquer oficina de reparo e pintura automotiva", afirma Cabral.

Os líquidos Polidor Auto Brilho C562-1152 e Lustrador C562-1162 podem ser encontrados em lojas de tintas automotivas em todo o país. Mais informações pelo SAC PPG: 0800 055 40 50.
Sobre a PPG Refinish - A PPG Refinish é a divisão de repintura automotiva da PPG Industries e está presente no Brasil desde 1995, onde produz e comercializa uma linha completa de produtos e serviços para reparação e renovação de veículos de passeio e comerciais.
Conhecida no mercado pelos produtos de alto desempenho, ambientalmente amigáveis e inovadores, detém marcas de sucesso como as linhas de produtos Envirobase High.

Performance, Deltron GRS, Dulon, 2K e ACS. Em 2011 e 2012 foi eleita pelos reparadores a melhor empresa na categoria "Indústria de Tintas e Complementos", no prêmio Os Melhores do Ano, realizado pelo Sindirepa-SP. SAC PPG: 0800 055 40 50.

PPG Industries - Empresa multinacional fundada em 1883, com forte atuação no mercado mundial, com mais de 39.900 colaboradores distribuídos em unidades fabris e afiliadas em mais de 60 países, e organizada em Unidades Estratégicas de Negócios atendendo aos segmentos Aeroespacial, Tintas Arquitetônicas, Revestimentos Automotivos, Repintura Automotiva, Chlor-Alkali e Derivados, Fibra de Vidro, Vidros Residenciais e Vidros Arquitetônicos, Tintas Industriais, Produtos Ópticos, Revestimentos para Embalagens, Proteção Anti Corrosiva e Tintas Marítimas, e Sílicas.

PPG: Bringing innovation to the surface™ -O objetivo da PPG Industries é continuar líder mundial de mercado em produtos de revestimentos e produtos especiais. Líder em inovação, sustentabilidade e cores, a PPG disponibiliza aos clientes que atuam nos setores industriais, transporte, produtos de consumo, construção civil e mercado de reposição um leque mais amplo de produtos para tratar superfícies.

Fundada em 1883, a PPG tem sede em Pittsburgh, nos Estados Unidos, e opera em mais de 60 países ao redor do mundo. As vendas em 2011 foram de US$ 14,9 bilhões. A PPG é listada na Bolsa de Valores de Nova Iorque (símbolo: PPG).

Venezuela pretende circuito para Fórmula 1 em 2016

Atual representante da Venezuela na F1, Pastor Maldonado venceu pela primeira vez no GP da Espanha este ano. Foto: Reuters
Atual representante da Venezuela na F1, Pastor Maldonado venceu pela primeira vez no GP da Espanha este ano

A histórica base aérea La Carlota, situada no coração de Caracas, se transformará, por decisão do presidente Hugo Chávez, em um parque no qual deverá ser construído um circuito urbano de Fórmula 1.
O projeto, avaliado inicialmente em US$ 23 milhões, tem previsão de entrega em 2016. Segundo o ministro Estado para a Transformação Revolucionária da Grande Caracas, Farruco Sesto, o governo venezuelano já conversou com as autoridades da Fórmula 1 no ano passado.
Já o diretor do projeto, o arquiteto Lucas Pou, confirmou contatos com Jaime Nogué, que projetou o circuito da Catalunha, que sedia do GP da Espanha. "Pensamos que a Venezuela poderia ser a sede de um Grande Prêmio do Caribe", disse Pou.
O interesse na Fórmula 1 cresceu após a estreia de Pastor Maldonado na temporada de 2011. O venezuelano, patrocinado pela PDVSA, petrolífera estatal do país, conquistou a sua primeira vitória na categoria no GP da Espanha deste ano
A ideia do governo venezuelano inclui, ainda, um centro de convenções, quadras esportivas, um centro tecnológico e abrigo para crianças, além de cerca de cinco mil árvores plantadas, transformando a base Generalísimo Francisco de Miranda em um novo espaço verde. Usado como alternativa ao Aeroporto Internacional Simon Bolívar, em Maiquetía, La Carlota chegou até mesmo a receber uma missa do papa João Paulo II em 1996.

Fórmula 1 quer ofuscar Mônaco com corrida em Londres

Bernie Ecclestone, o chefe da categoria, está disposto a pagar o equivalente a 113 milhões de reais para ter um GP na capital londrina na próxima temporada

O Palácio de Buckingham pode se tornar cenário de GP da Fórmula 1
O Palácio de Buckingham pode se tornar cenário de GP da Fórmula 1 (Thinckstock)
O chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, está com uma ideia fixa na cabeça: ter um Grande Prêmio da categoria em Londres na próxima temporada. E não pretende economizar para concretizar o desejo. Segundo o jornal britânico The Times, Ecclestone está disposto a desembolsar cerca de 35 milhões de libras esterlinas – o equivalente a 113 milhões de reais – no projeto.
A ideia é que o circuito de rua londrino seja erguido em meio a alguns dos mais famosos cartões postais da capital da Inglaterra, como o Palácio de Buckingham, a Praça Trafalgar e o Piccadilly Circus. Se sair do papel, a corrida deve ofuscar o célebre GP de Mônaco e se transformar na etapa mais concorrida do calendário da Fórmula 1.
O plano será revelado formalmente nesta quinta-feira e os principais argumentos da direção da F1 são os números: um público de 120.000 pessoas no circuito, uma audiência televisiva de dezenas de milhões e mais de 100 milhões de libras (323 milhões de reais) em receitas para a cidade.
"Pense no que podemos fazer pelo turismo. Seria fantástico, bom para Londres, bom para a Inglaterra – e muito melhor do que as Olimpíadas", disse Ecclestone. "Se recebermos o OK (do governo local) e tudo correr bem, acho que podemos conseguir", completou. 

Agradeço o apoio dos amigos - Dag

Estamos no facebook

Ouça o meu Pássaro

Vamos Rir um pouco?

Fotos de satélite, antes e depois do tsunami no Japão

Peixes

src='http://parts.kuru2jam.com/js/swflayer.js'>